LEME Engenharia: Energia, infraestrutura e engenharia

Fundada em 1965, a TAMS do Brasil Engenheiros Consultores logo se tornou uma das principais empresas de consultoria em engenharia da América Latina. Somente em 1977 que a empresa mudou seu nome para a LEME Engenharia. Por que a mudança? Era hora de reconhecer a ampla gama de atividades da empresa.

Atividades que só cresceriam. Além dos projetos de infraestrutura energética, a LEME Engenharia e as suas filiais oferecem serviços globais em áreas como:

  • infraestrutura;
  • saneamento urbano;
  • portos e vias navegáveis;
  • fornecimento de estudos ambientais;
  • drenagem. 

O know-how oferecido em todos os estágios de desenvolvimento - desde estudos de viabilidade até a entrega final - tornou a LEME Engenharia cada vez mais renomada como prestadora de serviços que oferece todas as capacidades e soluções necessárias. Muitos projetos têm experimentado uma fusão dessas capacidades. No Iraque, por exemplo, a LEME Engenharia realizou estudos iniciais de viabilidade e relativos ao meio ambiente, logo projetou, orçou e, por fim, construiu um mecanismo de drenagem principal requerido para o transporte seguro de água salgada de um projeto de irrigação do interior pelas águas doces do rio Eufrates até o oceano,
assegurando, ao mesmo tempo, que não haveria a possibilidade de contaminação.

Energia

No entanto, o setor energético continua sendo a principal fonte de operações da LEME Engenharia. A empresa atua em inúmeros projetos de energia alternativa e renovável que incluem, entre outros, energia nuclear, usinas fotovoltaicas, . parques eólicos e energia térmica. A empresa participou do desenvolvimento de mais de 60 usinas hidrelétricas, além de ter participações na maior central de biomassa de 150 MW da América Latina, localizada em Campo Grande. A esses esforços vem se somar o seu envolvimento em 520 subestações e a instalação de 24 mil quilômetros de linhas de transmissão, assim como o comissionamento da
primeira linha de transmissão UHVDC na América Latina que abrange uma distância de 2084 quilômetros.

A Tractebel continua se expandindo

A Tractebel Engineering adquiriu a LEME Engenharia em 2000. Essa aquisição permitiu o seu desenvolvimento e expansão no Brasil. Deste modo, em 2012 a empresa pôde participar da construção da usina hidrelétrica de Belo Monte, fornecendo cerca de 10% da demanda de eletricidade em todo o Brasil.

O meio ambiente em primeiro lugar

Durante a aquisição, a Tractebel e a LEME Engenharia descobriram que possuem um compromisso mútuo com o meio ambiente e a investigação de formas de energia ecológicas. A Tractebel orgulha-se de produzir energia de maneiras mais eficientes e ecológicas e está determinada a continuar desenvolvendo estas atividades no futuro.

Notícias relacionadas

AdobeStock_381692123

A mais extensa linha de transmissão do Chile vai transportar energia por 1.500 km

A linha de transmissão em corrente contínua de alta tensão (HVDC) transportará energia do norte para a região central do país. A Tractebel está apoiando a ENGIE (cliente)...

Saiba mais
23 Sep 2021
CarbonNeutral2

Tractebel se compromete em neutralizar carbono até 2022

Alinhado a seu propósito de projetar um futuro neutro em carbono e celebrar o Dia de Zero Emissões, a Tractebel anuncia compromisso de neutralizar emissão de CO2 em suas...

Saiba mais
21 Sep 2021
Anglo_American_Tractebel_teams

Chile produz sua primeira molécula de hidrogênio verde para veículos não poluentes

Presidente chileno inaugura projeto piloto desenvolvido pela Anglo American em que a Tractebel atuou como EPC. Trata-se de um gerador de...

Saiba mais
01 Sep 2021
AdobeStock_167607597

EoR para monitorar estruturas ferroviárias

Uma metodologia utilizada em estruturas de barragens tem aplicação para estruturas de ferrovias? A gente te mostra que sim!

Saiba mais
04 Aug 2021