Nossa Jornada à Paridade de Gênero

O que é paridade de gênero?

Igualdade de gênero, disparidade de gênero, preconceito de gênero, paridade de gênero ... fala-se muito sobre questões de gênero no local de trabalho, com razão. Mas o que exatamente é paridade de gênero? É simplesmente uma medida de proporção: ela se refere a uma representação equilibrada de mulheres e homens.

Por que a paridade de gênero é importante?

Porque uma proporção desequilibrada de homens e mulheres na força de trabalho não é sustentável. A diversidade é crucial para o sucesso de qualquer organização, e a paridade de gênero faz parte dessa diversidade. Uma força de trabalho construída em uma ampla variedade de origens, idades e experiências, para citar apenas alguns fatores, oferece uma profundidade de perspectiva inestimável que se traduz em melhor desempenho, inovação e satisfação do funcionário em relação a concorrentes mais homogêneos. Na Tractebel, temos o compromisso de estabelecer e alcançar metas de paridade de gênero: não apenas como parte de nosso compromisso maior com a sustentabilidade econômica, mas também com o aumento da diversidade e a redução da desigualdade em escala global.


Os números: ainda não chegamos lá

De nossos mais de 5.000 funcionários em mais de 70 países em todo o mundo, a Tractebel é composta por aproximadamente 27% de mulheres, com mulheres ocupando 21% dos cargos de gestão. Embora os números pareçam muito distorcidos na superfície, há mais coisas neles do que aparenta: a realidade é que, na profissão da engenharia em geral, apenas 13% são mulheres. Isso significa que fechar completamente a lacuna de gênero entre nossos engenheiros não é viável - por enquanto. Mas podemos diminuir essa lacuna.

O compromisso da Tractebel com a paridade de gênero: a certificação EDGE


Estamos construindo um roteiro para a certificação EDGE, um selo reconhecido mundialmente por organizações que alcançam metas específicas de igualdade de gênero. Iniciaremos nossa Jornada à Paridade de Gênero em março de 2021 - um mês simbólico que celebra o Dia da Mulher e a Mulher na História - com uma pesquisa em toda a empresa, a primeira de uma série de medições qualitativas e quantitativas como representação de gênero, igualdade de remuneração, procedimentos e estatísticas sobre contratações e promoções e muito mais. Em seguida, a Tractebel será comparada com seus pares do setor, seguida pelo desenvolvimento e implementação de um plano de ação concreto para aumentar nosso percentual de mulheres para 33% até 2025 e para cerca de 40% até 2030. 

Desde o momento em que entrei na Tractebel como Diretora de Gerenciamento de Projetos, há mais de um ano, me encontrei em um ambiente de profissionalismo, dinamismo, produtividade, excelência e respeito mútuo. São valores que acho que toda mulher busca em uma empresa: crescer e se desenvolver profissionalmente em um ambiente positivo, sem abrir mão do bem-estar físico, intelectual ou emocional. Sei por experiência que a Tractebel abrange tudo isso. A Jornada para a Paridade de Gênero é parte integrante de empresas saudáveis, e a Tractebel, sem dúvida, promove, valoriza e está comprometida com um ambiente positivo para suas pessoas. 

Engenheira Daniela Franco, Diretora de Gerenciamento de Projetos, Tractebel em Abu Dhabi

"Qualquer pessoa - independentemente do sexo - que seja diligente, criativa, detalhada e organizada tem o que é preciso para se destacar em engenharia ou gerenciamento de projetos. Precisamos romper com a velha percepção e o estereótipo ultrapassado de que a engenharia é para os homens e reconhecer que a diversidade que as mulheres trazem para o campo é uma contribuição inestimável para a sustentabilidade de qualquer organização. Existem oportunidades ilimitadas e espaço para crescimento para as mulheres na engenharia, e nossas engenheiras da Tractebel são a prova disso."

Ernesto Q. Malicad Jr., Gerente de Projetos - Energia - Tractebel nas Filipinas

“Como parte de nosso compromisso contínuo com a diversidade, estamos construindo passo a passo um plano prático para aumentar a paridade de gênero. Ainda não chegamos lá, mas apesar dos desafios inerentes ao setor de engenharia, trabalhamos para que a Tractebel seja um ótimo lugar para se trabalhar e a empresa preferida das mulheres na engenharia. Isso significa promover um ambiente positivo, aberto e inclusivo para todos. Por meio de iniciativas como o programa EDGE, estamos incentivando mais mulheres a se juntarem à nossa comunidade de especialistas imaginativos no fascinante campo da engenharia, para que, todos juntos, por meio da diversidade, estejamos mais bem equipados do que nunca para impulsionar nosso propósito de projetar um futuro neutro em carbono.”

Etienne Jacques

Diretor de Recursos Humanos, Comunicação e QSSMA